Muitas coisas “misteriosas” tem acontecido. Ciclone, gafanhotos, caixas ao mar… E outro protagonista dos “mistérios” recentes foi o Google.

Como assim? Imagina juntar dois inimigos para discutir um assunto importante? Tem tudo pra dar errado, né?! Mas não deu! Pelo menos não com o Google e o Bing, motor de pesquisa da Microsoft e muito pouco usado globalmente. 

Pra entender tudo o que aconteceu nesse meet, segue o fio. Você ainda vai saber sobre os apps da quarentena, as tendências do momento, vídeos do YouTube e mais.

Unidos pela intenção

Bom, já adiantei que os dois gigantes Google e Bing se encontraram. E eles discutiram um assunto que já venho há tempos dizendo como é importante: a intenção. 

Nesse episódio de SEO mythbusting, nosso já conhecido Martin Splitt conversa com Sandhya Guntreddy (Principal Program Manager da Microsoft) sobre backlinks, prós e contras dos ads, JavaScript e muitos outros temas que todo SEO precisa saber. 

Tire aqueles 15 minutinhos pra aprender e ficar por dentro de tudo isso. 

Mesmo se você não trabalha com o Bing, dá o play. Nunca se sabe se um dia você vai precisar dele.

Opinião do Bazon

“No primeiro episódio da segunda temporada de SEO Mythbusting Martin Splitt bateu um papo com Sandhya Guntreddy do Bing. Sim, você leu corretamente, do Bing.

Além de falar sobre a importância de entender e endereçar a intenção de busca do usuário, eles falaram sobre links, que de acordo com eles não é um fator de ranqueamento tão importante assim. 

O que me chamou a atenção foi que tanto Bing quanto Google, no caso Sandhya e Martin recomendam que sites em JavaScript utilizem Dynamic Rendering por User Agent e não deixam todo o conteúdo 100% dependente do Framework utilizado.

Calma, que eu vou explicar …

Basicamente, dynamic rendering é quando você determina o que será renderizado no servidor de acordo com o usuário. Por exemplo, se for o googlebot renderiza tudo no servidor, requests de usuários deixa tudo para o navegador renderizar.

Acima de tudo, achei muito legal a iniciativa de ambos os buscadores de esclarecer mitos em relação a tópicos bem polêmicos em SEO.”

As startups estão com tudo

Passamos pela greve dos entregadores e isso me fez pensar nas empresas para as quais eles trabalham. Muitas já são unicórnios, mas começaram como startups, e com essa pandemia, mais e mais empresas como essas estão ficando conhecidas. 

Quem mostra isso – com dados, é claro – é o Google. As startups são tão novas e adaptáveis quanto esse novo mundo que enfrentamos, e talvez esse seja o segredo do sucesso.

Vamos ver alguns dados interessantes:

  • Três tipos de startup cresceram nessa crise:aquelas que oferecem serviços essenciais, as que facilitam a adaptação a essa nova vida e as que oferecem suporte financeiro. 
  • As buscas por delivery de restaurantes aumentaram 72%.
  • Startups de nichos de varejo cresceram 47% durante a pandemia.
  • A busca por EAD e softwares de educação cresceu 73%.
  • Os termos “internet banking” e “conta digital” foram 10x mais pesquisados em abril. 

Segundo o material, algumas mudanças vieram pra ficar, mas outras não são tão sustentáveis assim. Pra saber tudo, só acessando essa pesquisa sobre a economia digital.

Opinião do Bazon

“As startups estão com tudo e quem está ajudando elas a crescerem? 

A busca a.k.a. search …

Acima de tudo a intenção de busca tem feito a diferença e Startups que desde sua criação consideraram o SEO como uma de suas principais estratégias de marketing estão colhendo  os frutos com o aumenta das pesquisas online.

Quer saber como sua Startup pode se beneficiar de estratégias de SEO?

Entre em contato com um Especialista de SEO para Startups.

Google Trends: sempre uma boa opção

Se você ainda não usa, deveria aproveitar o Google Trends. Ferramenta fundamental no marketing digital, o Trends ajuda a identificar o que está sendo pesquisado nesse momento tão único que estamos passando. 

Por aqui, temos usado bastante para definir as estratégias dos clientes, e posso dizer que com certeza tem ajudado o nosso trabalho. 

O Google preparou algumas dicas para fazer um bom uso da ferramenta. Entre elas, usar filtros, conferir as buscas relacionadas e se inscrever no alerta do Google Trends. Você vai ficar sabendo de bons insights.

Por exemplo, você sabia que uma “caixa misteriosa” apareceu no litoral brasileiro? Ela não tinha a vacina do coronavírus, mas despertou a curiosidade do pessoal.

imagem de resultado de pesquisa no Google sobre uma caixa preta misteriosa

Opinião do Bazon

“Há tempos que o Google Trends é parte integral de nossas estratégias de pesquisa de palavras-chave. Tal importância aumentou consideravelmente durante a pandemia.

Para muitos de nossos clientes monitoramos as tendências de pesquisa relacionadas a seus produtos e serviços. Por exemplo, para um cliente que trabalha com receitas identificamos que termos com a variável ‘em casa” aumentaram consideravelmente.

Com base nessa informação, criamos um hub de conteúdo Saúde e Bem Estar em Casa.

Em outros casos identificamos aumento no interesse de determinados produtos e serviços e demos mais destaque nos sites em questão.

Em suma, se você ainda não utiliza o Google Trends em suas estratégias de SEO, pare de perder oportunidades.”

E o YouTube?

Já falamos muito sobre como as buscas no Google mudaram, mas e as pesquisas no YouTube? Elas também mudaram?

A resposta é: sim.

Atire a primeira pedra quem não buscou por “exercícios em casa” ou qualquer outra busca com o termo “em casa” na plataforma. Pois é, esse tipo de busca aumentou 123% em relação à pré-quarentena. 

Vídeos sobre saúde mental, notícias e discussões sobre economia também estão fortes, uma amostra de que queremos saber como a situação está. 

Se a sua marca ou cliente ainda não está transmitindo mensagens de apoio no YouTube, corre lá fazer isso. E não esquece o SEO. 

Opinião do Bazon

“A caixinha de pesquisa do YouTube é a terceira mais utilizada do mundo e cada vez mais os usuários estão utilizando para procurar conteúdo informativo, comportamento que aumentou vertiginosamente durante a pandemia do covid-19.

Vídeos contribuem para o aumento de relevância do conteúdo de uma página, podem ser exibidos na SERP diretamente do YouTube e geram maior reconhecimento e autoridade de marca.

Contudo, apesar de ser um dos formatos mais consumidos na internet atualmente, não é tão simples produzi-los.

Minha dica é, comece de forma simples e evolua. No meu canal, o Don’t Panic It’s Organic, gravo tudo com meu iPhone 10, uso um ring light the 100 conto e não edito nada.

Concordo que para marcas e empresas essa produção precise ser um pouco mais profissa, mas não espero ter uma verba Hollywoodiano para começar”

News na news? Aqui pode!

Por aqui já tivemos dicas de podcasts de SEO, lives e muitas outras e hoje venho indicar uma… newsletter! 

Do pessoal do Type A Media, um time de SEO baseado em Londres, a news The Canonical Chronicle (que também é um canal no Youtube e um podcast) também traz as últimas notícias sobre o nosso universo que surgem nas redes sociais. 

Não perca e assine já. Ah, e aproveita pra conferir a última edição.

Opinião do Bazon:  

“Ross Tavendale é um dos muitos amigos que o SEO e a SEMrush me proporcionaram. Ele é o CEO da TypeA uma agência Londrina referência em SEO.

O conteúdo do The Canonical Chronicle é bem divertido e a edição é Hollywoodiana … mas assim como eu Ross começou com um celular e foi evoluindo.

Super recomendo que se inscrevam no canal para receber esse conteúdo super divertido de SEO.”

E aí, conseguiu bons insights? Eu sim, e já coloquei em prática na Hedgehog.

Bora compartilhar com a #HHDSEONEWS para gerar mais e mais conversas que vão fazer a gente decolar no nosso trabalho.

Receba agora, tudo sobre o mundo do SEO no seu email.


Latest Conteúdo Posts

Hedgehog SEO News Episódio 25: SERPs, uma metamorfose ambulante

Ouça com música “Eu quero dizer agora o oposto do que eu disse antes Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante Do que ter aquela velha ...

Ouça com música “Eu quero dizer agora o oposto do que eu disse antes Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante Do que ter aquela velha ...

É possível vencer todos os desafios do link building?

Entenda que ser um bom link builder não é apenas saber todas as técnicas. Textos decorados não te fazem ganhar links Não sei. O Link ...

Entenda que ser um bom link builder não é apenas saber todas as técnicas. Textos decorados não te fazem ganhar links Não sei. O Link ...

Hedgehog SEO News Episódio 23: Google & Bing juntos? WTF

Muitas coisas “misteriosas” tem acontecido. Ciclone, gafanhotos, caixas ao mar… E outro protagonista dos “mistérios” recentes foi o Google. Como assim? Imagina juntar dois inimigos ...

Muitas coisas “misteriosas” tem acontecido. Ciclone, gafanhotos, caixas ao mar… E outro protagonista dos “mistérios” recentes foi o Google. Como assim? Imagina juntar dois inimigos ...