Material completo para você otimizar sua loja virtual e aumentar as vendas e receita organicamente.

Há muitas dúvidas sobre como realizar a otimização para as lojas virtuais. Neste guia você vai encontrar todo o passo a passo de como trabalhar na otimização da sua loja virtual e ganhar visibilidade de forma gradativa, nos motores de busca. Chegou a hora de ultrapassar a concorrência com técnicas testadas e aprovadas de SEO para Ecommerce.

Antes de mais nada, vamos entender o que é este guia. Ele é um material completo para que você possa aplicar as estratégias em sua loja virtual e aumentar sua visibilidade nos resultados de pesquisa orgânica do Google e outros buscadores e, consequentemente, as vendas. 

Em todo este processo, de compras virtuais, temos algo que é comum ao consumo, e que vem dos primórdios das compras: a concorrência.

E ela não é de todo ruim. Significa que quanto mais lojas vendendo o mesmo tipo de produto, mais chances para o consumidor de poder escolher a que mais o agrada. 

E é aí que entra outro ponto importante: a intenção de busca do usuário. Quando você conhecer o que seu cliente quer por meio das buscas que eles faz, será possível entender os objetivos e ofertar exatamente o que ele deseja. 

Cada intenção – informacional, transacional, navegacional, localização – é um objetivo.

Enquanto cada usuário tem suas próprias motivações para fazer uma solicitação de busca, as causas, geralmente, podem ser categorizadas em cinco tipos principais de intenção.

Como já dissemos, quando um usuário faz uma pesquisa, as palavras que utilizam revelam sua intenção, isto é, a razão pela qual está buscando e, mais importante ainda, o que espera encontrar.

Por isso que vencer a concorrência e entender a intenção do usuário são, sim, os segredos que vão levar seu ecommerce ao topo. E este guia, vai te ensinar a fazer isso.

Estrutura do Guia Fundamental de SEO Para Ecommerce

  • A importância do SEO para sua Loja Virtual
  • Qual plataforma de E-commerce tem o melhor SEO?
  • Os 6 Pilares do SEO aplicados ao Comércio Eletrônico
    • Planejamento
      • Auditoria
      • Plano M&M
      • Organic Growth Forecast
    • Autoridade e Popularidade
    • Conteúdo
    • Experiência do Usuário
    • Técnico
    • Monitoramento

Importância do SEO para sua Loja Virtual

Fundamental. E isso porque, cada vez mais, vemos uma mudança de comportamento. As compras online se tornaram mais assíduas entre os brasileiros. 

Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOMM), a expectativa é que até o fim de 2020 as lojas virtuais movimentem R$ 108 bilhões, com um crescimento de 18% em comparação com o ano anterior. 

Para entender e corroborar o poder das compras online, a Hedgehog em parceria com o SEMRush e a Opinion Box realizou uma pesquisa para entender o comportamento de busca do brasileiro, a State of Search Brasil

90% das compras passam pelo Google. 30% pesquisam online para comprar off-line. 

download do ebook guia fundamental de seo para ecommerce

Qual plataforma de E-commerce tem o melhor SEO?

Nem só de SEO vive um ecommerce e muitos outros fatores devem ser levados em consideração na escolha de uma plataforma para sua loja virtual.

Entretanto, levando em consideração que 90% das compras online passam, em algum momento, por um motor de busca. O SEO deve ter um peso muito importante nessa decisão.

Pensando nisso avaliamos as principais plataformas do país e …

tabela comparativa entre as principais plataformas de ecommerce

Disclaimer: Os valores e avaliações acima são baseados em métricas internas e em mais de 200 projetos de seo para e-commerce divididos entre as plataformas listadas.

Sua loja virtual utiliza outra plataforma? Gostaria que de nossos especialistas em SEO para E-commerce “desse uma olhadinha nela”?

clique para falar com um especialista em seo para ecommerce

Os 6 Pilares do SEO aplicados ao Comércio Eletrônico

Os “6 pilares” é uma metodologia de trabalho aplicada a todos os projetos da Hedgehog Digital, no Brasil e exterior.

Os pilares englobam as principais técnicas, de otimização de sites, para que uma loja virtual chegue  ao topo dos resultados de pesquisa orgânica do Google e outros motores de busca.

Ao todo mais de 100 lojas virtuais no Brasil, Reino Unido e Europa já testaram e comprovaram os resultados.

download do guia de otimização para motores de busca para ecommerce

Pilar 1: Planejamento 

“Esqueça as fórmulas mágicas dos gurus!” 

O pilar do planejamento é composto pela tríade Auditoria SEO, Marketing & Measurement Plan e Organic Growth Forecast (projeção de crescimento orgânico)

Auditoria SEO

Os fatores de ranqueamento podem ser os mesmos, mas cada site tem suas peculiaridades.

Por isso, a auditoria é essencial., Leve conduza-a-a levando em consideração os seguintes pontos:

  • Cenário Atual
  • Análise Competitiva
  • Análises Técnicas
  • Análises de UX
  • Análises On-page
  • Análises de Autoridade e Popularidade

Com o resultado das análises é hora de estruturar o planejamento de forma que fique claro quais serão as estratégias, táticas e KPIs (indicadores de performance) do projeto.

Marketing and Measurement Plan

O Marketing and Measurement Plan sintetiza todas as estratégias, táticas, métricas e KPis (indicadores de performance) do projeto, em um painel que deve ser compartilhado com todos os envolvidos.

tabela com o plano de marketing dividido por estratégias, KPIs e táticas para acelerar as vendas do seu Ecommerce

As estratégias e táticas são definidas a partir dos objetivos de negócio da empresa em questão. A forma de começar a estruturar o plano é fazendo a seguinte pergunta:

“Como o SEO pode ajudar o e-commerce X a atingir seus objetivos de negócio?”

Organic Growth Forecast

“Em quanto tempo teremos resultados com SEO?”

Sem dúvida a pergunta que não quer calar, principalmente em projetos de e-commerce.

O OGF (organic growth fiorecast), uma metodologia desenvolvida pelos cientistas de SEO da Hedgehog Digital, visa reduzir essa ansiedade.

Utilizando métricas como: volume pesquisa, taxa de cliques orgânicos e pagos, posicionamento médio, CTR, taxa de conversão e ticket médio. É possível projetar o potencial de crescimento e até o ROI de SEO.

download da planilha de OGE - plano completo de seo para ecommerce

RESUMÃO DO BAZON

  • Conduza uma auditoria
  • Defina o planejamento estratégico
  • Estime o potencial de crescimento do tráfego orgânico

Pilar 2: Técnico 

“It is all about the Bots”

O pilar técnico também é composto por 3 elementos chave: 

  • Acesso dos bots
  • Semântica do código
  • Performance

Acesso dos bots: Rastreamento, Renderização e Indexação

Rastreamento, renderização e indexação são os três princípios do SEO técnico. Primeiro, o bot precisa ter permissão para rastrear uma página, depois disso, ele a renderiza e a indexa de acordo com sua interpretação. Os seguintes elementos serão implementados ou aprimorados no novo site:

  • Robots.txt file
  • XML Sitemap
  • Canonical Tag
  • HTML Language Declaration
  • Crawl Budget Optimisation
  • Menus de Navegação
  • Breadcrumbs
  • Paginação
  • Testes de renderização

Semântica do código: Facilite a vida do Bot!

Para rastrear, renderizar e indexar uma página, o código-fonte deve ser organizado de maneira adequada. Os seguintes elementos serão implementados ou aprimorados no novo site:

  • Ordem das tags na <head>
  • Meta Tags
  • Meta viewport
  • Meta Open Graph Tags
  • Twitter Cards
  • Heading tags structure (page by page)
  • Structured Data
  • CSS and JS Externalised
  • W3C Compliances

Performance: Velocidade e Segurança

Tempo de carregamento e segurança são fatores de classificação orgânicos confirmados e de suma importância para TODAS as lojas virtuais. Afinal, o e-consumidor quer agilidade e confiabilidade para realizar suas compras com segurança.

Portanto, é preciso garantir que além da instalação correta do certificado de segurança, o famoso SSL, o código não possua brechas de segurança como:

  • O servidor não possua a função HSTS
  • Links para páginas sem SSL
  • Não utilize links relativos

A otimização de performance de um e-commerce é extremamente dependente da plataforma. Entretanto, alguns conceitos básico podem ser executados em praticamente qualquer uma:

  • Compressão de imagens;
  • Utilização de imagens de próxima geração. ou seja, webp;
  • Compactação arquivos HTML, CSS e JS;
  • Unificação arquivos CSS;
  • Unificação arquivos de JS;
  • Utilização correta de uma CDN;
  • Redução do tempo de resposta do servidor;
  • Controle de Cache;
  • Balanceamento de carga;
  • VPS;

RESUMÃO DO BAZON

  • Garanta que os bots consigam rastrear, renderizar e indexar sua loja virtual
  • Facilite a vida dos bots organizando a semântica do código fonte
  • Prioridade máxima aos dados estruturados
  • Não se esqueça da segurança (SSL)
  • Invista em performance. Reduza ao máximo o tempo de carregamento das páginas

Pilar 3: Conteúdo

Da pesquisa de palavras-chave à otimização on-page e claro, os conteúdos de apoio a.k.a blogs e afins. O pilar do conteúdo é um dos mais importantes.

“Afinal, conteúdo é rei … “

Clichês à parte, quando falamos de conteúdo para uma loja virtual estamos falando de:

  • Descrições de produtos
  • Textos de apoio para categorias
  • Dúvidas frequentes (FAQs)
  • Blog

Antes de qualquer coisa, comece por uma pesquisa de palavras-chave. Em um projeto de SEO para ecommerce é de suma importância entender sobre a intenção de busca.

São 4 os tipos de intenção que devemos levar em consideração:

  • Informacional
  • Intenção Comercial
  • Transacional
  • Navegacional

Para mais informações consulte nosso Guia Fundamental da Intenção de Busca.

Uma vez definidas as palavras-chave é hora de relacioná-las com as páginas a serem otimizadas.

Para cada página deve ser definida uma keyword principal, uma secundária, semanticamente relacionadas (LSI) e complementares.

Planilha de dossiê com keyword planner a ser aplicado na otimizacao do seo para ecommerce

Com as keywords definidas para cada página é hora de preparar a otimização para isso utilizamos o dossiê de on-page.

modelo de planejamento de palavras-chave a serem aplicadas na otimizacao do ecommerce

Nele é definida a otimização dos elementos básicos:

  • Title
  • Meta Description
  • URL
  • Heading Tags
  • Anchor-text de links internos

Já no Doc On-page é onde a otimização do conteúdo é definida. Textos de Apoio, Descrição de produtos, FAQs e otimização de imagens.

Melhores Práticas de Otimização de Imagens 

  • O nome do arquivo ajuda o Googlebot a compreender o que a imagem representa. Procure descrever a imagem ao salvar o arquivo. 
  • Os Atributos Alt e Title também devem ser otimizados com palavras-chave descrevendo o conteúdo da imagem
  • A tag figcaption utilizada para compilar a legenda da foto também devem conter a palavras-chave ou variável
  • O texto próximo da imagem também ajuda o bot a compreender o que ela representa. Portanto, procure contextualizar a imagem nos parágrafos próximos a ela.
  • Utilizar dados estruturados de imagens: https://schema.org/ImageObject 

Modelos de Otimização de Páginas de Categorias e Produtos

modelo a ser seguido de otimização de página de produto do SEO para ecommerce
modelo de otimizacao correta para pagina de produto

Blog para E-commerce

Extremamente essencial. Além do tráfego extra, um blog ajuda na construção de autoridade, reconhecimento de marca e até nas estratégias de construção de links internos e externos.

A maioria das plataformas não permite criar um blog em um diretório. Não se preocupe, em um subdomínio os benefícios são praticamente os mesmos.

” In general, we see these the same. I would personally try to keeo things together as much as possible.
So if it’s the same site then try to put them on the sime site, essentially, and use subdomains where things are things are really kind of slightly different.

There are lots of really strong opinions on this so, from my point of view this is something that could go either way. If you have really strong reason to go one way or the other then, obviously, that migh be what you’d want to watch out for.
On the other hand, if you’re like “well i don’t care either way” the i would just keep it within the same site.”

John Mueller do Google

O importante é definir uma estratégia focada em ajudar o consumidor a resolver problemas e não só na geração de tráfego.

Conteúdo Gerado Pelo Usuário (UGC)

Das avaliações e comentários de produtos aos do blog. O conteúdo gerado pelo usuário influencia e é super importante para o SEO do seu e-commerce.

Sem contar que avaliações e comentários exercem influência direta na conversão. Produtos com boas avaliações vendem mais.

Além disso, cada avaliação e comentário conta com uma atualização e incentiva o Googlebot a voltar à página para consumir o novo conteúdo.

O UGC ajuda a automatizar, ou melhor, a terceirizar indiretamente a otimização das páginas de produtos.

Portanto, invista em uma ferramenta para coletar avaliações de produtos e crie estratégias para incentivá-las.

RESUMÃO DO BAZON

  • Classifique as palavras-chave com base na intenção busca 
  • Para cada página defina uma palavra-chave principal, uma secundária, semanticamente relacionadas e complementares
  • Otimize os elementos básicos do on-page
  • Inclua conteúdo de apoio no topo das páginas de categorias
  • Trabalhe dúvidas frequentes nas páginas de categorias
  • Detalhe ao máximo as descrições de produtos
  • Uma imagem vale mais que 1.000 palavras
  • Crie um blog

Pilar 4:  Experiência do Usuário

“Você deve criar um site para beneficiar seus usuários, e qualquer otimização deve servir para melhorar a experiência deles. Um desses usuários é o mecanismo de pesquisa, que ajuda outros usuários a descobrirem seu conteúdo. Com a otimização de mecanismos de pesquisa, você ajuda os mecanismos de pesquisa a entenderem e apresentarem seu conteúdo.” – Guia de SEO para Iniciantes do Google

O trecho extraído é de um guia que existe há anos, ou seja, não é de hoje que UX é importante para o Google.

Entretanto, nos últimos anos as informações a respeito da influência de UX no posicionamento orgânico ficaram mais claras e em maio de 2021 o Page Experience entra em vigor.

tabela de importância do core web vitals

Fonte: https://developers.google.com/search/blog/2020/11/timing-for-page-experience

O novo algoritmo visa medir a qualidade da página levando em consideração tempo de carregamento, usabilidade, segurança e acessibilidade.

No caso da Acessibilidade é preciso ir um pouco mais além do que garantir que o CLS (cumulative layout shift) fique abaixo de 0,1.

Dê atenção ao report do Lighthouse e considere trabalhar com ferramentas como Accessibe, que ajustam a acessibilidade do sua loja virtual de forma automática utilizando machine learning.

print da tela da ferramenta de acessibilidade

Do ponto de vista da usabilidade dois pontos são muito importantes, a arquitetura de informação e a usabilidade mobile.

Organize sua loja por meio de categorias e subcategorias, procure evitar muitos subníveis, mas não se apegue tanto a regra dos 3 cliques. O importante, é organizar a arquitetura de forma clara e objetiva.=

modelo de arquitetura correta de um ecommerce bem estruturado

Para usabilidade mobile pense mobile first. É bem provável que seu e-commerce já esteja no Mobile First Index e que só o Googlebot-smartphone esteja rastreando seu site.

O que isso quer dizer?

Que só a versão mobile das páginas do seu e-commerce importam para o Google.

Portanto, garanta que as páginas carreguem sem erros de usabilidade em dispositivos móveis e não sacrifique elementos do desktop para o mobile.

Um exemplo são os breadcrumbs que normalmente são ocultados nas versões mobile. Isso prejudica a usabilidade e a rastreabilidade. 

Para garantir que a versão mobile está igual ou melhor otimizada que o desktop utilize a mobile-first index tool da Merkle.

RESUMÃO DO BAZON

  • Pense Mobile First
  • Otimize as Core Web Vitals
  • Foque no Page Experience como um todo
  • Reduza ainda mais o tempo de carregamento
  • Garanta que a versão mobile é a melhor otimizada
  • Organize a arquitetura de informação evitando muitos subníveis
  • Acessibilidade é primordial

Pilar 5: Autoridade de Popularidade

A construção da popularidade de autoridade não se resume apenas a links externos (backlinks) e as diretrizes de E.A.T (expertise, authoritativeness e trustworthiness). 

É importante que você trabalhe o reconhecimento e a presença online da sua marca. Dois fatores que influenciam indiretamente a escalada ao topo do Google.

Contudo, os backlinks continuam sendo o fator que realmente fazem a diferença.

Ao trabalhar a construção de links para e-commerce evite conquistar links para páginas de categorias e produtos. 

Utilize uma técnica conhecida como middle man. Ela consiste em criar um ativo linkável para onde os links externos devem ser apontados para que links internos sejam estrategicamente direcionados para as páginas de categorias e produtos.

É aqui que o blog ganha ainda mais importância na estratégia de SEO para e-commerce.

modelo explicativo sobre a importância do link building

Explore a troca de links com parceiros comerciais e fornecedores, mas não abuse. Isso pode levar a penalizações.

O mais importante é diversificar, não coloque todos os seus links em uma única cesta.

Precisando construir links de qualidade para sua loja virtual? Fale com um de nossos especialistas em link building.

Atenção ao E.A.T

modelo explicativo do tripé do E.A.T

RESUMÃO DO BAZON

  • Invista no posicionamento e presança online
  • Backlinks continuam sendo essenciais
  • Evite links para páginas de categorias e produtos
  • Demonstre que é autoridade em seu segmento
  • Garanta que sua loja passe confiabilidade
  • Mostre que é expert nos produtos que vende

Pilar 6: Monitoramento

“Contra dados não há argumentos”

– Bazon

Chegar às primeiras posições orgânicas e gerar milhões de visitas não importa muito ou quase nada para um e-commerce.

No final das contas o que importa são as transações, taxa de conversão, ticket médio e acima de tudo a receita proveniente do tráfego de pesquisa orgânica.

Para monitorar tudo isso, a unanimidade é o Google Analytics embora há quem utilize outras ferramentas de web analytics como o Adobe Analytics.

No Google Analytics é importante habilitar os relatórios de e-commerce e configurar o enhanced ecommerce para para obter dados ainda mais detalhados do comportamento de compra.

Crie dashboards com esses dados no Data Studio e monitore continuamente os principais indicadores de performance da sua loja virtual.

modelo de relatório apresentado com os resultados conquistados pela otimização SEO

Mas não deixe de monitorar o posicionamento das principais palavras-chave, afinal sem posicionamento não há tráfego, sem tráfego não há vendas.

RESUMÃO DO BAZON

  • Instale o Google Analytics
  • Habilite os relatórios de E-commerce no GA
  • Cadastre no Search Console
  • Foque nos KPIs mais importantes
  • Monitore a visibilidade orgânica
  • Gere dashboards e relatórios com o Google DataStudio

 Workflow de SEO para Ecommerce

Para fechar o fluxo de trabalho aplicado aos projetos dos clientes da Hedgehog no Brasil e no mundo.

framework correto de SEO

Search engine optimisation é um investimento e os resultados não ocorrem da noite para o dia.

O retorno sobre o investimento geralmente ocorre após os 6 primeiros meses de trabalho. Portanto, quanto antes você começar a otimizar sua loja virtual melhor.

Planeje as estratégias de acordo com as principais datas do varejo online e físico. Ações sazonais devem começar pelo menos 3 meses antes.

Por exemplo, estratégias de SEO para o dia das mães devem ser colocadas em prática no começo de fevereiro. Black Friday no mais tardar em agosto.

E por aí vai.

Espero nosso Guia Fundamental de SEO para Ecommerce contribua para transformar o tráfego de pesquisa orgânica do Google em um importante canal de vendas para seu e-commerce e/ou de seus clientes.

May de SEO be with you!

Receba agora, tudo sobre o mundo do SEO no seu email.


Latest Hedgehog Blog Posts

Hedgehog SEO News Episódio 35: O todo importa, sim

Fique por dentro de tudo que rolou no Google nas últimas semanas Fala pessoal! Chegamos ao Episódio 35, que também está disponível lá no canal ...

Fique por dentro de tudo que rolou no Google nas últimas semanas Fala pessoal! Chegamos ao Episódio 35, que também está disponível lá no canal ...

A força do Digital PR nas campanhas de Link Building

Como montar uma campanha de Digital PR e elevar o valor das suas estratégias de Link Building Muito tem se falado da perda de efetividade ...

Como montar uma campanha de Digital PR e elevar o valor das suas estratégias de Link Building Muito tem se falado da perda de efetividade ...

Hedgehog SEO News Episódio 34: Além da busca

Web Stories, apoio aos jornalistas e muito mais na news de hoje! Tributo a Hamlet Batista, CEO da Ranksense, vítima de Covid-19 em 27/01/2021  Nosso ...

Web Stories, apoio aos jornalistas e muito mais na news de hoje! Tributo a Hamlet Batista, CEO da Ranksense, vítima de Covid-19 em 27/01/2021  Nosso ...