Mais um efeito das ações do Google para incentivar as vendas online. Google Shopping grátis para todo o mundo!

É isso mesmo que vocês leram, caros terráqueos do mundo do marketing digital. El Google, o magnífico das buscas, passou a permitir anúncios gratuitos em sua plataforma de compras diretas, o shopping. 

Quando essa história começou? 

Lá por março de 2020 (caramba, nem parece que foi esse ano, né?), o Google começou a anunciar que estava trabalhando para permitir que o shopping fosse de graça, globalmente. 

Essa era mais uma das ações do buscador para ajudar pequenos, médios e grandes negócios a ganhar visibilidade e aumentar as possibilidades de vendas, principalmente em uma época incerta e tão cheia de dúvidas. 

Os testes começaram nos E.U.A, desde abril, e agora, até meados de outubro, todo o mundo vai poder aproveitar, também. Só podemos dizer: Oba! Iupi… uhul!!

O que o Google diz sobre a gratuidade

Muitas empresas não podem pagar pelos anúncios, principalmente após a crise econômica que se instalou no mundo. 

E à medida que os consumidores compram cada vez mais online, eles procuram não apenas itens essenciais, mas também coisas como brinquedos, roupas e artigos domésticos.

Embora isso apresente uma oportunidade para as empresas com dificuldades de se reconectar com os consumidores, muitas não podem se dar ao luxo de fazê-lo em escala ”

Ninguém mais vai precisar pagar?

Não é bem assim. As empresas que quiserem ainda vão ter a opção de pagar pelas listas de anúncios. Pagando, há mais chance de visibilidade. Mas, quem não pagar, também não vai perder em nada. 

A ideia e o objetivo é fazer o mercado girar. Nos E.U.A por exemplo, a espera é que esta ação movimente bilhões de dólares até o fim de 2020

E onde o SEO entra nisso?

É o diferencial né minha gente? Primeiro, começando pelas imagens dos produtos anunciados.

Como os anúncios serão de graça a concorrência vai aumentar e quem tiver o melhor texto otimizado para anúncio e as imagens mais adequadas estarão na frente, certeza.

Portanto, não esqueça de otimizar suas imagens com alt, title, tamanho de arquivo. Uma imagem bem chamativa pra você vencer a concorrência. 

Como um dos objetivos do Google é ceder a melhor resposta a uma busca no menor espaço de tempo… a otimização SEO vai ser o diferencial para um anúncio estar bem posicionado. Pode acreditar. 

Outra coisa é: seu site. Além disso, o site precisa estar adequado para a compra. Já pensou se o usuário clica e quando chega no seu site ele não consegue realizar o pedido? Por isso, o SEO para Ecommerce vai ser indispensável. 

SEO para Google Shopping, comece agora com estas dicas

Não pense que só colocar o anúncio no ar vai ser suficiente, tá? É preciso otimizar também. Vai ser mais ou menos assim: os anúncios pagos aparecerão na parte superior da página do shopping e os gratuitos em um feed logo abaixo.

Por isso, para ganhar a visibilidade dentro da plataforma você precisa, sim, otimizar estes anúncios.

Vamos começar pelas meta tags mais importantes: título e descrição.

Título: O nome do produto que você está comercializando é o próprio título, combinado? Assim, ele ganha uma boa relevância.

Descrição: Sabe os 4P’s do marketing? Preço, Praça, Produto e Promoção? Tenta sempre fazer nesta linha. Então, se você tiver vendendo um tênis, por exemplo, sua descrição pode ficar assim:

“Tênis de corrida entregue para todo o Brasil com frete grátis. A partir de R$xx. Parcele em até xx vezes no cartão e receba na comodidade da sua casa.”

Imagem: Otimize sua imagem direitinho, tá? Não deixe ela pesada. Salve com o nome do arquivo. Pode ser o nome do produto mesmo. Não esqueça do Alt e do title dela, ok? Além de fator de rankeamento, são diferenciais para acessiblidade.

Classificação do produto: Dentro do Google Shopping elas podem ser o seu diferencial em alguns casos. Até porque o usuário pode classificar a mostra de anúncios pelo que melhor o convém.

print da tela do google chopping sobre especificação do produto

O que isso significa? Que quanto mais o seu site estiver otimizado, mais o Google vai puxar informações coesas.

Avaliação: Elas são um diferencial dentro do mercado. Quanto mais opiniões de outros usuários, mais chances de comparação e escolha. Então, esse é um ponto que deve estar bem estruturado em seu site.

Dados estruturados: Para o Shopping o mais indicado é o schema.org product. Quer mais dicas de como implementar? Veja o suporte do google para dados estruturados.

Além do product, para você ter mais visibilidade, instale estes:

  • Avaliações
  • Preço
  • Disponibilidade do produto
  • Vídeo
  • Rich Ads ou Google Shopper

Esses dados estruturados vão ser essenciais, e muito, para a melhor apresentação do seu produto e site no Google Shopping.

Para Charles David, responsável pela área técnica da Hedgehog Digital, dados estruturados são mais importantes do que a gente imagina. “Sem eles, praticamente, não conseguimos os resultados esperados. Principalmente quando o assunto é ecommerce. Ainda mais se falarmos da concorrência, que está bem maior com este nosso novo normal.”

Charles fala também sobre a gama de possibilidades que são abertas aos clientes: “A marcação em produtos serve para o Google entender e fornecer as informações em detalhes. Os usuários podem ver o preço, disponibilidade além de ler avaliações nos resultados da pesquisa. Essas marcações servem para ativar a pesquisa aprimorada e atrair os compradores enquanto pesquisam na SERP, além de manter as informações atualizados direto na pesquisa.”

Outro ponto importante que Charles chama atenção é para a marcação em imagens: “E também no Google imagens ele adiciona um selo nas imagens, que pode incentivar a clicar no conteúdo.”

Quer saber mais sobre SEO para Ecommerce? Aguarde que vem surpresinha por aí… mas, você pode começar por estas dicas, que vai dar bom.

Como anunciar no Google Shopping

Primeiro de tudo, você precisa ter uma conta no  Merchant Center. Se não tiver, será preciso criar. 

  • Faça login no Merchant Center
  • Clique em crescimento no menu de navegação
  • Vá em gerenciar programas
  • Selecione Surface no Google
  • Adicione os produtos usando um feed de produtos
  • Verifique o seu site
  • Confirme se é mesmo o site que pertence à sua loja virtual
  • Clique em ativar para completar a configuração

A Hedgehog já tinha previsto isso… é verdade esse bilete.

E vamos provar agora. No primeiro semestre de 2020, realizamos em parceria com a Opinion Box e o SEMRush uma pesquisa à nível nacional para entender o comportamento de busca do brasileiro. A State of Search Brasil.

Com mais de 3 mil respondentes verificamos muitos insights de mercado. Por exemplo, a média de buscas do Google aumentou e por dia uma pessoa faz, em média, 5. Os temas são diversos. 

Nesse universo o Google Shopping domina as compras. 40% dos respondentes usam a função shopping para realizar suas compras. Muita gente, minha gente.  

Até mais e obrigada pelos peixes!

Receba agora, tudo sobre o mundo do SEO no seu email.


Latest Hedgehog Blog Posts

Google Analytics 4. Google anuncia novidades sobre a ferramenta

Lançamento é continuidade de um pacote lançado em 2019 e dá aos SEOs mais poder dentro das equipes de marketing E este ano não para ...

Lançamento é continuidade de um pacote lançado em 2019 e dá aos SEOs mais poder dentro das equipes de marketing E este ano não para ...

SEO para Google Shopping. Grátis globalmente e com muita otimização nessa história

Mais um efeito das ações do Google para incentivar as vendas online. Google Shopping grátis para todo o mundo! É isso mesmo que vocês leram, ...

Mais um efeito das ações do Google para incentivar as vendas online. Google Shopping grátis para todo o mundo! É isso mesmo que vocês leram, ...

O Guia Fundamental da Intenção de Busca

O que significaria para o seu negócio se todos os usuários que buscassem o seu site via Google encontrassem exatamente o que estavam procurando? Intenção ...

O que significaria para o seu negócio se todos os usuários que buscassem o seu site via Google encontrassem exatamente o que estavam procurando? Intenção ...