Veja tudo o que rolou no mundo do Google nos últimos dias

As diretrizes de qualidade do Google foram atualizadas com sucesso…

Mais uma vez, aqui estamos dando as notícias quentinhas do submundo do SEO. E dessa vez, a coisa, apesar de ser mais técnica é tão envolvente quanto uma novidade de conteúdo, por exemplo. 

Parece que, cada vez mais, o Google está querendo deixar o mundo dos SEOs melhor e mais estruturado… 

Tenha uma ótima leitura! 

BERT agora em Português

Como assim? Assim mesmo meus caros terráqueos! 

Entendendo as buscas melhor do que nunca! 
Search Liaison publicou em seu twitter uma atualização sobre o BERT que agora está disponível em mais de 70 idiomas, incluindo o português.

imagem da publicação no twitter falando sobre a atualização do Bert que agora está em português
Continuidade da publicação do Search Liaison falando sobre a atualização do Bert. Em um dos posts, ele cita o termo em português

O que é o BERT? Pandu Nayak, vice presidente do Google publicou um texto bem explicativo sobre. Segundo ele, em 15 anos trabalhando no Google ele vê milhões de buscas diárias… e 15% destas buscas nunca foram feitas antes. Ou seja, são inéditas. 

O objetivo é entender uma busca e ofertar a melhor resposta para o que foi buscado. Sem respostas prontas. Sem  respostas maquinais. Apenas fornecer a informação mais adequada. 

Como será que os sites no Brasil devem se comportar agora? Será que o conteúdo vai precisar mudar de alguma maneira? Veja a opinião do Bazon para entender. 

Opinião do Bazon

“Serei breve e sucinto: a chegada do BERT não muda nada em SEO e na forma como produzimos e otimizamos nosso conteúdo.

Contudo, se você ainda não está utilizando a API de Natural Language Processing do Google Cloud para analisar seu conteúdo, agora é a hora de começar.

Google agora fornece mensagens diretamente no Search Console

Pois é. Lembra quando você recebia as mensagens do Search Console sobre o seu site apenas por email?

A fim de facilitar a vida dos SEOs de plantão o Google abriu uma sessão de mensagens diretas na ferramenta… e sem precisar sair da área de relatórios. A novidade foi anunciada no dia 4 de dezembro.

Por que ele fez isso? Segundo notícia publicada no Blog do Webmasters, a meta é facilitar o entendimento dos problemas e resoluções que o site precise em um único canal.

Além disso, ele também dividiu as mensagens por temas. Ou seja, você vai poder ver tudo dividido por “coverage” “enhancements types”, “performance”, entre outros. 

Você vai poder ver as mensagens que foram enviadas a partir do dia 23 de maio de 2019. Para acessá-las, basta clicar no sino no topo direito da página. 

gif com vídeo feito pelo google para explicar onde o SEO pode verificar as mensagens do site

O bom deste histórico é que qualquer profissional que tiver acesso ao Search Console de um site, vai poder acompanhar o histórico das ações realizadas naquela propriedade. 

Confira a matéria completa sobre a atualização de mensagens do Google no Search Console. 

Opinião do Bazon

“Sem dúvida mais uma evolução do Webmaster Tools, oops, Google Search Console que ajudará na otimização do tempo e a tratar os problemas reportados pela ferramenta com mais agilidade”

Google lança rastreio de encomendas direto na busca

Será que ele não quer mais que a gente fique navegando nos sites? Não. Não é isso, ele quer facilitar o dia a dia do usuário.

Por isso, no dia 05 de dezembro, o Google anunciou em seu blog o lançamento do programa de acesso ao rastreio de pacotes. 

imagem feita pelo google para mostrar a atualização do package tracking

A atualização já está disponível para todos os países e qualquer empresa de logística pode atualizar seu site para permitir esta facilidade ao usuário.

Você poderá realizar esta melhoria por meio do RESTful JSON ou uma API XML que retorna com as informações da encomenda. 

Quais são os requerimentos para participação? Primeiro o site precisa ser uma empresa de entrega autorizada. Além disso, precisa possibilitar que a API esteja visível ao Google no que diz respeito às suas diretrizes. 

Para entender a opinião dos profissionais que trabalham na otimização dos sites, o Google também disponibilizou um formulário para quem tem interesse em participar dos testes. 

Veja o guia do Package tracking e saiba mais sobre esta novidade. 

Confira a matéria completa sobre o Package Tracking no blog do Google

Opinião do Bazon

“Mais uma Zero Click SERP. Para quem nunca ouviu o termo, são páginas de resultados onde o Google impossibilita o click trazendo o resultado de forma interativa.

Um resultado de pesquisa bem prático para o usuário mas que reduz o volume de acessos dos sites que trabalham com entregas.

Não vejo como de todo mal essa SERP, mas com certeza as marcas de entregas não estão felizes.

Lembrando que sempre é possível de impedir tais resultados com as novas diretrizes de meta tag robots.

Google anuncia atualizações em suas diretrizes de qualidade

As diretrizes de qualidade do Google foram atualizadas com sucesso… 

É isso mesmo, caros amigos SEOs! E você pode fazer a comparação para ver o que mudou. 

Documentos de diretrizes de qualidade de setembro

Documento de diretrizes de qualidade de dezembro

Mas, o que mudou? Agora, o documento de diretrizes conta com uma sessão inicial introdutória na qual ele explica o seguinte: 

“Diferentes tipos de busca precisam de diferentes tipos de resultado. Pesquisas médicas precisam de resultados com autoridade e confiabilidade. Buscas por “fotos fofas de animais” precisam de resultados fofos… e assim por diante. 

Além desta citação, o Google, em alguns casos, também mudou o termo “pessoas” para “usuários”.

Tanto o Google quanto o Facebook enfrentam problemas com processos por conta de suas definições.

Neste novo documento há uma sessão que reconhece os usuários como pessoas reais. Isso impacta no processo de otimização dos sites.

Por que devemos nos preocupar? Porque apesar deste guia não impactar diretamente nas classificações, ele ajudam o Google em seus algoritmos. 

Veja a matéria completa sobre as atualizações do Google 

Opinião do Bazon

“A terceira atualização em menos de um ano. Se você trabalha com SEO e Marketing de conteúdo e ainda não as leu, não perca mais tempo!

Essa atualização, ao meu ver uma das mais significativas, deixa claro que muitos SEOs já sabia e vinham trabalhando. Para cada vertical e mais especificamente para cada busca os fatores de ranqueamento variam.

Portanto, é mais importante do nunca compreender a fundo a intenção de busca e os resultados que o Google retorna para os termos que você deseja ranquear. 

Venho falando disso há algum tempo em minhas palestras e agora a confirmação veio por meio das diretrizes de qualidade para os revisores manuais.”

Google detalha instruções e diretrizes sobre os dados estruturados para vídeos

Pelo jeito uma ótima notícia para os SEOs, certo?

O que aconteceu?

No dia 20 de novembro foi publicado no Search Engine Journal, que o Google atualizou os seus documentos de ajuda com dados estruturados em vídeos e, além disso, novas informações sobre melhorias nos resultados de pesquisas de vídeo. 

Vejam, Lizzy Harvey falou sobre o tema.

Com isso, o Search Console foi atualizado e agora relata dados que dizem respeito à amostragem de vídeos nos resultados de busca. Neste relatório, será possível observar como os seus vídeos são exibidos. 

Outra novidade é que agora, um selo com “Ao vivo” poderá ser mostrado nos resultados de pesquisa enquanto um vídeo estiver sendo transmitido ao vivo. Para saber como fazer isso, basta acessar a atualização do documento de ajuda atualizado do Google. 

Leia a matéria completa sobre novos relatórios de vídeos do Google

Opinião do Bazon

“Basicamente as novas diretrizes mostram como marcar “timestamps” em vídeos do YouTube para criação dos snippets com tais marcações. Mais detalhes nas diretrizes de qualidade para conteúdo em vídeo.

Um dos pontos que mais me chamou atenção foi o selo “Ao vivo” que mostra o quão rápido o Google tem atualizado seu índice. 

O famoso comentário de que SEO demora para dar resultado vem se tornando obsoleto para algumas verticais.


Bots do Google não vão mais solicitar Google Analytics nem outros scripts… será? 

No palco do SMX East Martin Split afirmou que o Google não solicitará o Google Analytics e muitos outros scripts de anúncios na hora de rastrear o seu site. Isso vai gerar economia em termos de pesquisas e eficiência na hora do crawl. 

Aí, quando Barry Schwartz o questionou sobre quais seriam estes scripts, Slpit afirmou que essa lista vai mudando constantemente e que o Google vai adicionando, cada vez mais. 

Bom, pelo menos é bom já saber que nem G.A nem outros scripts serão vistos pelo Google no momento do crawleamento. 

Agora uma coisa é importante ratificar: Isso não diz que o Google vai ignorar estes scripts quando acessa o page speed ou outras métricas. Não. Ele está falando apenas de crawleamento e renderização, não rankeamento. 

Confira a matéria completa sobre crawleamento sem Google Analytics

Opinião do Bazon:

“Saberemos se isso é verdade quando analisarmos as performance em ferramentas com o PageSpeed e Lighthouse e esses scripts não forem reportados como problemas.

Outro relatório para ficar de olho é o Speed Report do Google Seach Console.

Ao meu ver isso passará uma percepção incorreta de performance se tais scripts influenciarem o tempo de carregamento para o usuário.”

Google testa apresentação de receitas para manter o usuário no buscador

Bora lá. Bora dizer que isso é um dos zilhões de testes que o Google está fazendo para manter o usuário no buscador, sem entrar direto no site. 

O que o Google está fazendo? Testando uma maneira de apresentar resultados de receitas. Com isso, o usuário vai ver a receita completa sem precisar entrar no site. 

Normalmente hoje é feito assim: ao digitar uma receita “bolo de chocolate”, é possível ver uma série de resultados com algumas avaliações e imagens. 

Agora, com este novo teste, há um botão “preview”, no qual será possível acompanhar a receita toda. 

Aí, ao clicar no botão o usuário vê assim 

Com o teste, rolou uma discussão no Twitter do pessoal questionando se era mesmo bom ou não. 

Quer ver a matéria completa? Só ir no site do Seroundtable e curtir a confusão toda. 

Opinião do Bazon:

“Zero Clicks Searches anyone?”

Google adiciona filtro “product results” no Search Console

É minha gente, parece que a parada está ficando séria com os dados estruturados. No dia 20 de novembro, o Google lançou um filtro no Search Console para exibir resultados de cliques em anúncios com o dado estruturado product rich result markup. 

Product rich results são aqueles dados nos quais os resultados de busca mostram estrelas, avaliações, preços e outras informações. 

print com o resultados de como seria o product results

Com esta atualização, se você quiser ver cliques e impressões basta ir ao relatório de performance, clicar em search appearance e selecionar.

Veja a matéria completa sobre a atualização do search console para dados estruturados

Opinião do Bazon:

“Finalmente poderemos reportar para nossos clientes se as estrelinhas e avaliações estão aparecendo nos resultados de pesquisa e o impacto no CTR dessas páginas.

Thanks Google Search Console team.”

Essas foram as novidades da semana pela Hedgehog SEO News. Curtiu?  Então, compartilhe o artigo com a hashtag #HHDSEONEWS, ou se preferir, deixe seu comentário abaixo com críticas e sugestões. Até a próxima semana!

Receba agora, tudo sobre o mundo do SEO no seu email.


Latest Hedgehog Blog Posts

Hedgehog SEO News Episódio 26: SEO técnico tá com tudo

Você reparou que a parte técnica tá aparecendo mais por aqui (principalmente na edição 24)? Pois é, esse parece ser o novo foco do nosso ...

Você reparou que a parte técnica tá aparecendo mais por aqui (principalmente na edição 24)? Pois é, esse parece ser o novo foco do nosso ...

Hedgehog SEO News Episódio 25: SERPs, uma metamorfose ambulante

Ouça com música “Eu quero dizer agora o oposto do que eu disse antes Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante Do que ter aquela velha ...

Ouça com música “Eu quero dizer agora o oposto do que eu disse antes Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante Do que ter aquela velha ...

É possível vencer todos os desafios do link building?

Entenda que ser um bom link builder não é apenas saber todas as técnicas. Textos decorados não te fazem ganhar links Não sei. O Link ...

Entenda que ser um bom link builder não é apenas saber todas as técnicas. Textos decorados não te fazem ganhar links Não sei. O Link ...