A SEO News cheia de novidades para apresentar o mundo do Google de uma maneira fácil de entender.

Até o formato dela mudou. Agora, também em vídeo, vai ficar mais fácil de você consumir um conteúdo bem bacana que traz novidades do Brasil e do mundo… do SEO, claro. 

E, sem mais delongas, vamos começar com as novidades do ouriço mais fofinho do país. A Hedgehog Digital.

Notícias da Hedgehog

Hedgehog se torna mantenedora do Ecommerce Brasil em 2021

Exatamente, minha gente. Com o objetivo de fomentar ainda mais o conhecimento, em 2021 estaremos ao lado do E Commerce Brasil contribuindo para melhorar, ainda mais, a qualidade do setor.

Palestras, reuniões e tudo o que soubermos de novidade, vamos compartilhar por lá. 

Digitalks

Parceria duradoura que ajuda muito a compartilhar conteúdo de valor ao universo do marketing digital, em especial o SEO.

Como não era para deixar de ser, em 2021 estaremos ao lado do Digitalks para expandir, ainda mais, o mercado no Brasil. 

Guia do ecommerce

Eita, outra novidade? Pois sim, como não. Guia Fundamental do E Commerce.

É um manual completo de como levar uma loja virtual às primeiras posições do Google.

Já que esse ano, diz a Nielsen, que o E Commerce vai faturar R $110 bilhões, nada mais justo do que lançar um guia fundamental para quem quer pegar a sua fatia dessa bufunfa, né? Faça o download agora mesmo e aproveite as dicas. 

Baixe agora mesmo o Guia Fundamental do Ecommerce

E o mundo do SEO… 

Melhorias nos dados do índice – GSC

Ajudar a galera a entender como o google crawleia e indexa um site é um dos objetivos do Google Search Console, desde que ele foi criado. 

Baseado no feedback da comunidade (nóis, truta), o Google anunciou melhorias nos relatórios para que as informações sejam mais simples e fáceis de entender. 

A lista de mudanças inclui: 

  • Remoção do termo “Crawl anomaly”. Todos os erros agora serão apresentados, bem como suas soluções. 
  • As páginas que foram bloqueadas pelos robots e indexadas agora serão reportadas como “indexadas, mas bloqueadas”
  • Adição de um novo aviso: Indexada, mas sem conteúdo
  • Os soft 404 serão mais apurados

Confira a matéria completa sobre as novidades do Google Search Console

Novo relatório de desempenho do Google Notícias

O Google anunciou o relatório de desempenho do Google notícias. Com isso, sites e portais de notícias vão entender melhor o comportamento dos usuários nos aplicativos, bem como no site do google news. 

O relatório estará disponível via Search Console e trará as seguintes informações

  • Quantas vezes meus artigos apareceram para os usuários no Google Notícias?
  • Quais artigos tiveram um bom desempenho no Google Notícias?
  • Como o comportamento do usuário varia de acordo com o país?

Confira a matéria completa sobre o novo relatório de desempenho do Google Notícias

Google Smith is not live

Pronto, quem é Smith? É o mais novo robozin do Google. Isso mesmo, meus caros. O Google anunciou o Smith e pontuou que ele será melhor que o BERT. 

Smith significa Siamese Multi-depth Transformer-based hierarchical. 

Parece que 2021 é o ano do conteúdo extenso e profundo … Passage Indexing, subtopics e por aí vai.

O que ele vai fazer? Melhorar o Bert, claro. O SMITH aparentemente entende conteúdos mais extensos, long form content, muito melhor que o BERT.

Entretanto, o algoritmo ainda não foi lançado, ao contrário do que alguns SEOS andaram evangelizando por aí.

Leia a matéria completa e saiba mais sobre o SMITH

Subtopics are not live

Anunciado junto com passage indexing subtopics são conteúdos relacionados à sua pesquisa 

Veja mais sobre este tema no blog do Google

Links em página noindex, valem ou não valem?

Como tudo no SEO… depende! 

Antes, John Muller disse que links que estavam em páginas que “somem” eram ignorados.

Contudo, se a página A for vinculada à página B e uma dessas páginas não estiver indexada, talvez o Google não conte o link.

Mas, agora o mesmo John diz que esse pode não ser o caso. 

Veja tudo sobre a discussão sobre links em páginas não indexadas.

Quer conferir as informações completas sobre essa news? Veja o vídeo completo no Canal Don’t Panic It’s Organic!

Se você não quiser ver o vídeo, pode ler abaixo tudo o que o Bazon falou:

E o mundo do SEO continua tinindo de novidades. O que é bom, né? Sempre teremos o que conversar, aprender e debater. 

Nossa news mudou! Agora ela é em vídeo, pra gente ter mais interação e ficar mais pertinho. 

Confira agora tudo o que saiu de novidade! Espero que vocês gostem e que a gente possa conversar sobre os temas. 

Ah, e se você não quiser ver o vídeo agora, pode ler que tá tudo aqui!

Bem vindo a mais um vídeo aqui no Don’t Panic It’s Organic, o canal de SEO mais louco do Brasil.

E agora a gente tá lançando mais uma playlist, a SEO News, que vai ser a nossa integração com a Hedgehog SEO News. 

Para quem acompanhou o ano passado, foram 30 episódios, todas as sextas-feiras, onde trouxemos as notícias mais atualizadas de SEO, com uma pitada da opinião do Bazon, aqui que vos fala.

Então, a ideia pra esse ano é termos um videozinho que vai ao ar toda sexta-feira aqui no canal. Não deixe de se inscrever, de atualizar, de setar a notificação, para que você não perca as atualizações semanais. 

Pra quem já conhece o canal, sabe que a gente não edita, tem vários erros, então vocês vão ver aqui que eu vou voltar, vou ir, mas a ideia é adicionar aquela naturalidade de sempre.

Para começar o episódio 31, Happy SEO Year! Uma brincadeirinha aí com “Happy New Year”, feliz ano novo a todo mundo que estiver acompanhando o canal, começar a ver esse videozinho. 

Continuaremos com os artigos lá no blog da Hedhegog, então vai ser mais ou menos uma transcrição desse nosso vídeo, teremos os links, como as referências do que a gente vai falar aqui hoje, tá?!

Então pra gente começar a nossa SEO News Episódio 31, vamos direto a um ponto muito importante que eu gostaria que todos soubessem: o SEO não vai morrer esse ano.

Na verdade, até é a brincadeirinha do título dessa nossa SEO News, “happy SEO year” ou “feliz ano do SEO”.

Um dos anos que a gente ganhou mais importância foi 2020, mas para 2021 vem muita coisa por aí.

Nunca foi tão importante a gente cuidar da qualidade do nosso site. 

Quem me segue lá no LinkedIn viu que eu fiz uma postagem recentemente falando sobre quais os pontos que vão levar ao sucesso de um projeto de SEO, quais os elementos que vão levar o seu site até o topo dos resultados orgânicos.

Então quais são eles?

Primeira coisa, foque na qualidade do seu site, tá?! Muita gente fala de experiência e é isso mesmo.

Foque em criar um site que oferece uma experiência de navegação, um conteúdo bacana, um site que está sempre atualizado…

Isso é cuidar da qualidade do seu site, uma coisa que usuários levam muito em consideração e aparentemente o nosso amigo Googlebot também.

Experiência a nível de página. Em maio teremos aí o Page Experience, que vai entrar em vigor, de acordo com o Google – mais uma daquelas atualizações pré-anunciadas do nosso amigo Google.

E em que a gente tem que tomar cuidado com isso? São elementos que nós temos que endereçar:

  • O HTTPS
  • O safe browsing
  • A experiência dentro da página
  • E os nosso famosos core web vitals, que são compostos pelos 3 elementos, que é o tempo de carregamento, tempo de interatividade e o CLS (cumulative layout shift) – o quanto que o seu conteúdo movimenta conforme a navegação, que tem muito a ver com a acessibilidade. Então a gente vai abordar tudo isso aqui dentro desse nosso dia a dia 

Ano passado a gente publicou O Guia Fundamental dos Core Web Vitals, dá um pulo lá no blog da Hedgehog (o link vai estar aqui também na descrição pra vocês poderem se inteirar um pouco mais sobre isso).

Não deixe de fortalecer a confiança, a autoridade e o expertise da sua marca. Quem é de SEO aí já sabe do que eu to falando, né, do EAT – Expertise, Authoritativeness e Trust Worthiness – do seu conteúdo, do seu site. 

Então invista nisso e mostre ao mundo, ao Google, aos usuários que você é expert, que você é a autoridade, que você é aquela entidade de confiança dentro do seu segmento.

Foque nisso, esqueça algoritmo, esqueça Googlebot, foque em mostrar pro mercado que você é o melhor no que você faz. Isso vai te trazer muito sucesso em SEO.

Pense um pouquinho fora da caixa do Google também. Por quê? 


Porque cada vez mais a gente tá vendo novos players, ou melhor dizendo, o comportamento de busca do usuário migrar para outros canais, como por exemplo a Amazon. 

Em alguns países como Inglaterra e Estados Unidos, a busca por produto dentro da Amazon já começa a incomodar o nosso amigo Google, razão pela qual, lá no começo do ano, um pouquinho antes da pandemia foi anunciado – não, durante a pandemia, perdão – que o Google Shopping seria gratuito pra todo mundo.

A meu ver, uma manobra do Google pra tentar reduzir essa migração de usuários que passam a utilizar a Amazon pra procurar produtos e não mais o Google, depois a Amazon, depois encontrar o que eles estavam buscando. Então pense nisso!

Explore novos formatos como Google Web Stories. Pra quem não conhece, é o mesmo conceito do Stories do Instagram, do LinkedIn, do Facebook, do Snapchat, que foi quem criou isso né.

Agora é possível criar web stories que ficam mais de 24 horas, ou seja, ficam permanentemente indexados no Google. Então é um formato que te ajuda também na otimização pra Google Discovery.

O Google tem trazido muito esse formato aí e é uma maneira de você conseguir também ganhar mais destaque na SERP mobile.

Então, explore isso, fique ligado aqui no canal também e na Hedgehog, lá no nosso blog, que vem muita coisa sobre Web Stories aí também.

E não deixe de fortalecer a sua presença online. Invista nas suas redes sociais, obviamente trabalhe muito bem o seu link building, mas também não deixe de trabalhar as menções.

Muitas vezes vocês conseguem ser mencionados em algum portal de notícias, ser referência em algum outro artigo e não tem o link. Não se preocupe, isso ajuda também a construir essa sua presença online.

Então essas são as minhas dicas pra você que quer ter sucesso em SEO.

Observe que a gente falou muito pouco de parte técnica, né?! Foque no seu marketing, foque na construção da sua marca.

Aí tá o sucesso pra você chegar ao topo da busca em 2021 e além.

Como a gente tá aqui falando na Hedgehog SEO News, ou utilizando nosso canal pra trazer as notícias de SEO da Hedgehog, vamos ter uma seção dedicada às notícias da nossa querida agência!

Esse ano é um ano muito especial pra gente. A gente conseguiu, pela primeira vez, ser incluído num projeto que há anos eu admiro, sabe?! Um grande amigo meu, o Tiago Baeta, que é o E-commerce Brasil.

Esse ano somos mantenedores do E-commerce Brasil, então fique ligado, vem muito conteúdo por aí: artigos, pesquisas, webinars, palestras… tudo voltado para o universo do e-commerce e SEO, como a gente vai ajudar o SEO para ajudar lojas a venderem mais.

Na verdade como, que conteúdo a gente vai trazer para compartilhar com o mercado para ajudar lojas de todos os tamanhos a transformarem os resultados de pesquisa do Google em um canal de vendas.

E também outro projeto que continuamos como mantenedores, que aí já faz parte da nossa família, das nossas parcerias, que é o Digitalks.

Mais um ano, pelo quarto ano consecutivo, somos mantenedores do projeto, então também muito conteúdo aí.

A plataforma tá incrível esse ano. Será o ano todo de conteúdo, artigos, webinars, então assim não só fique ligado no nosso conteúdo ali mas fique ligado nesses projetos, tanto no E-commerce Brasil quanto no Digitalks, porque tem muita coisa acontecendo e, obviamente, com o viés, o input nosso da Hedgehog, tá?!

E pra fechar as nossas notícias, na segunda-feira, dia 18, finalmente vamos lançar o nosso Guia Fundamental de SEO para e-commerce.

É um e-book gratuito que a gente vai disponibilizar para quem quiser aprender como aplicar os seis pilares do SEO no seu e-commerce. Então a gente vai falar desde o planejamento até o monitoramento.

É um e-book muito detalhado, com grandes insights, com muitas informações, pra que vocês apliquem, ou seja, otimizem as suas lojas virtuais e com isso cheguem até as primeiras posições ali pra gerar mais vendas, trazer mais receitas.

Mas esse documento também, este ebook, também serve para os profissionais da área, então a ideia é a gente compartilhar ao máximo, ajudar a equalizar o conhecimento dentro desse nosso mercado e é uma coisa que a gente pretende fazer o ano todo.

Então fique ligado aqui que a gente tá aí produzindo cada vez mais conteúdo, a gente tá lançando essa série, digamos assim, de guias fundamentais – depois a gente vai falar mais sobre isso -, mas basicamente, porque guias fundamentais?

Vocês me conhecem, eu falo muito sobre o básico e o avançado, e o guia fundamental é isso, é a gente reforçar muito bem o básico, passar essas informações, compartilhar esse nosso conhecimento para que você consiga aplicar seja no seu site, seja na sua agência… a ideia nossa é contribuir com cada vez mais conteúdo pro nosso mercado.

Bom, então agora a gente parte pra uma, pra segunda parte da nossa SEO News, que são as tradicionais notícias de SEO.

A gente começa com uma pesquisa muito importante do Google Search Console, que atualizou o relatório de cobertura do índice, com algumas, tirando até algumas dúvidas que tínhamos em relação ao que era reportado.

Primeiro, a anomalia de rastreamento foi removida, que era aquele erro ou aquele report de rastreamento que ninguém entendia o que era. O que é uma anomalia? Acho que nem o Google entendia, por isso que ele removeu, né.

Outra coisa também foi a inserção da mudança daquele conteúdo que era enviado mas bloqueado pelos robots. Agora chama “indexado mas bloqueado” ou seja, “Indexed but blocked”.

Fica uma dica aí pra você analisar, se você tem esse tipo de report no seu relatório de cobertura, vai lá dar uma olhadinha, tenta entender o que tá acontecendo pra você melhorar isso, porque o Google indexou e este conteúdo foi enviado mas está bloqueado.

Talvez algum errinho de canonical, algum errinho no robots.txt, tá?! Um novo report apareceu ali também – vamos chamar de relatório – que é o “Indexed without content”, ou seja, “indexado sem conteúdo”.

Uma dica aí talvez, se você tá com problema de renderização ou tem um monte de página irrelevantes que o Google não tá conseguindo enxergar o conteúdo, mas tá indexando, que pode causar o que a gente chama de index bloating, um pouquinho de crawl budget optimization.

O Google falou “sites menores de 10 mil páginas não se preocupe com isso”, mas quem me segue sabe que eu tenho uma filosofia de quanto mais a gente facilitar a vida do bot, quanto mais organizado for o nosso site, quanto menos páginas irrelevantes esse site possui, melhor vai ser a nossa performance.

E os relatórios de soft 404, que são quase parecidos com o erro 500, também melhorou, o Google começou a oferecer mais detalhes em relação a isso. Então fique ligado aí no seu Search Console.

Se você ainda não tem o seu site cadastrado no Search Console, tá perdendo tempo: vai lá, faz o cadastro pra você ter acesso a essas informações valiosíssimas de rastreamento.

Ainda falando de Google Search Console, essa semana o Google lançou um relatório de notícias lá em Performance.

Então você tem agora Performance, Google Discovery e News, que são dados de performance, de como seu site está performando, melhor dizendo, no Google Notícias. Então você consegue ver quantas vezes seus artigos apareceram pros usuários no Google Notícias, quantos receberam cliques, e até desempenho a nível de países, caso você tenha aí, por exemplo, trabalha aí na América Latina ou no Brasil com Portugal, você consegue obter essas informações que até então não eram disponibilizadas.

Então, cada vez mais o Google, de certa forma, está ajudando aí os portais de notícias a terem mais insights sobre a performance do seu conteúdo, coisa que até então não existia. Muito legal esse relatório!

Bom, chega de falar do Google Search Console. Vamos falar de uma notícia aí que acabou gerando certas polêmicas, vi algumas postagens no LinkedIn… Toda vez que alguém fala de algoritmo o pessoal já sai desesperadamente falando.

E esse algoritmo, né, pra quem é fã de Matrix aí, vai gostar muito do nome, que é o Google Smith. Sim, relacionado com o agent Smith, o agente Smith, que perseguia o Neil na saga do Matrix e sabia que ele é um cara fodão, né?!

Esse algoritmo aparentemente é fodão, porque ele compreende conteúdo extenso, conteúdo profundo, long form content, muito melhor que o Bert. Será que estamos vendo aí a volta do conteúdo longo, extenso, profundo, o long form content?

Parece que sim, porque não só a gente tem aí, estamos vendo a chegada do Passage Index que ainda não está em vigor, mas os subtópicos já estão valendo, e a gente vai falar sobre isso daqui a pouco, mas voltando aqui pro Smith, já vi algumas postagens evangelizando de que o algoritmo agora já está trabalhando…

O Google confirmou que ainda não tá live, não houve roll out do Smith ainda. E o que que isso muda na nossa vida como SEOs?

Não muda nada! Enquanto você continuar produzindo seu conteúdo voltado pro seu usuário tentando trazer o máximo de informações possíveis, você vai estar endereçando essas necessidades, você vai estar ampliando as possibilidades de atingir um bom posicionamento.

Será que é o ano do conteúdo longo, extenso, profundo, 4 mil palavras, 5 mil palavras (nem vou falar em números)? Eu acho que o que a gente tem que levar em consideração é: todas essas novas dicas que o Google vem dando pra gente, com o Passage Index, em que ele vai indexar, vai trazer partes do seu conteúdo, vai continuar ainda indexando uma página toda, mas ele vai trazer, ele ficou mais inteligente em conseguir extrair pedaços do seu conteúdo de acordo com uma determinada busca, e os subtópicos também, que o Google entende se você faz uma pesquisa por “chuteiras”, o Google automaticamente já entende que você pode estar procurando por, de acordo com o seu comportamento de busca, chuteiras para campo, Nike, Adidas, chuteira do Cristiano Ronaldo…

Então os resultados de pesquisa vão ficar um pouco mais variados de acordo com o seu comportamento e com o que ele entender que é relevante praquele tópico principal.

A gente vai falar mais sobre isso nas próximas semanas, tá, então fiquem ligados, mas também fiquem ligados nas notícias ou nos evangelizadores aí que acabam falando, trazendo informações que não são verdade.

O algoritmo Smith, que é uma evolução do Bert – não sei se é uma, não vamos chamar de evolução do Bert, mas é melhor que o Bert na compreensão do contexto do conteúdo – ainda não está disponível, não foi feito o roll out desse cara ainda.

Seguindo aí com as nossas notícias, né, a gente tem a chegada do, não é a chegada né…

O Googlebot, ele é como se fosse, ele é um rastreador que tem o WRS (que é Web Ranger Service), ou seja, ele tem um navegadorzinho que ele utiliza para renderizar o conteúdo, mas também ele tem um protocolo de navegação que é o HTTPS, desculpa que é o HTTP.

Até então o bot funcionava em HTTP, na primeira versão do protocolo de transferência da Internet.

Ano passado o Google anunciou que estava migrando o Googlebot, ou seja, estava turbinando o Googlebot com o HTTP2. De novo, vi um monte de informação errada no mercado aí já, principalmente no Linkedin de pessoas falando que seu site agora tem que ser HTTP2 pro Google poder rastrear.

Não tem nada a ver com isso, pessoal! O fato é: o bot vai rastrear mais rápido a Internet. O HTTP2, o protocolo de transferência, ele acelera transferências. O que que vai acontecer?

Na verdade, é menos carga no seu servidor. Sites aí enormes, que tem mais de mil,10 mil páginas, isso vai mostrar que ele vai colocar menos carga no seu servidor, porque, historicamente, sabemos que, o Googlebot, quando ele vem rastrear o nosso site, de certa forma ele causa uma certa sobrecarga no servidor.

Ele tenta minimizar, e com o HTTP2, isso vai ser minimizado ainda mais. Ou seja, vai ser tudo mais rápido essa transferência, ele vai conseguir rastrear o seu  site mais rápido, porque, basicamente, quando a gente tá falando do HTTP1, ele cria um canal de transferência de dados.

Com o HTTP2, são várias idas e vindas, então, basicamente, pra gente não vai influenciar nada no posicionamento. Você não precisa migrar o seu site para HTTP2, embora, se você ainda não estiver, está super atrasado porque já estamos falando do HTTP3, que já está por aí, o Google já está trabalhando em cima disso. Basicamente, a chegada do Googlebot, ou seja da turbinada do Googlebot com o HTTP2 apenas acelera o processo de rastreamento, tá?!

Então vamos lá… Uma coisa que também gerou uma polêmica essa semana sobre links em páginas no-index: valem ou não valem? E dessa vez os nossos amigos lá do Google causaram uma certa dúvida em todo mundo no universo do SEO. Por que? Gary Illyes, o Gary Ishi, disse que eles contam. John Muller disse que não.

E agora, hein, em quem que a gente acredita? Não sabemos. A verdade é uma só: por que você vai ter links importantes em uma página no-index? Você vai querer conquistar links em uma página no-index ou você vai fazer links internos de uma página no-index sendo que ela não precisava ser indexada?

A meu ver, é mais uma daquelas doidas que acabam acontecendo no nosso segmento devido a um comentário de um googler que acaba gerando todo esse pandemônio.

A meu ver, se a página é no-index, por que ela tá contendo alguns links importantes? Foca no que pode ser indexado, foca naquilo que traz resultado pro seu negócio.

Bom, chegando aqui no fim, mais duas noticiazinhas pra gente fechar, né. Uma é que o Martin Spitz disse que teremos mais eventos virtuais, né, pra quem lembra dos últimos do ano passado, a Webmasters Conference, que pouca gente conseguiu ver, devido a essa que foi um teste que eles fizeram, né, pra ver se isso ia funcionar, e parece que foi um sucesso e vem muito mais desses eventos por aí, então fiquem ligados.

Pra quem não segue o Martin Spitz, vamos colocar na descrição, lá no artigo da Hedgehog amanhã, no nosso, na nossa SEO News, o Twitter dele, pra que vocês sigam, fiquem ligados nesses canais pra que vocês não percam e tenham a oportunidade de participar também.

Eu nao consegui participar ano passado, tentei enviar meu invitezinho lá, request pra poder participar, e não consegui. 

E pra gente fechar a nossa SEO News da semana, o novo relatório do Google My Business.

Aparentemente o Google está trazendo mais informações para nos ajudar a entender como os usuários estão encontrando o nosso perfil no Google My Business, no Google Meu Negócio, e como está sendo a interação dentro desse, desses usuários.

Então ele tá relatório de termos pesquisados, ou seja, quais foram os termos que dispararam o nosso perfil do Google My Business e também quais foram as interações, se foi ligação, se foi mensagem…

Cada vez mais o Google aí reforçando a importância das pesquisas locais, trazendo mais informações pra gente entender realmente como as pessoas estão pesquisando e partir daí nos municiar com informações sobre, é, que nos ajudem a melhorar a otimização dos resultados locais.

E é isso pessoal. Espero que tenham gostado da nossa primeira versão aqui da SEO News da Hedgehog ou a nossa Hedgehog SEO News Episódio 31, tá, a primeira com vídeo!

Espero que a gente consiga evoluir melhor, mais, né, nesse nosso canal, vocês viram que tem alguns errinhos, a ideia é essa mesmo, que seja um bate papo descontraído.

Não deixe de assinar o canal, seta a notificação aí pra você receber todo novo vídeo que entrar que religiosamente toda sexta-feira a gente vai falar, trazer o que há de mais novo, avançado, vou procurar trazer o máximo de informações, a minha opinião a gente vai continuar fazendo, pra quem já seguia a nossa News, mas de uma maneira diferente.

E é isso pessoal, até o próximo vídeo, até a próxima SEO News, fica ligado aqui no canal que esse ano também tem várias entrevistas. Quem não viu a entrevista do Rand Fishkin da semana passada tem que assistir.

O cara é uma lenda, um cara que me inspirou com muito conteúdo, me norteou assim sem ele saber, todo o meu trabalho de SEO, e tem várias outras entrevistas com grandes profissionais. Então não percam!

Até a próxima, pessoal.

Receba agora, tudo sobre o mundo do SEO no seu email.


Latest Hedgehog Blog Posts

Hedgehog SEO News Episódio 35: O todo importa, sim

Fique por dentro de tudo que rolou no Google nas últimas semanas Fala pessoal! Chegamos ao Episódio 35, que também está disponível lá no canal ...

Fique por dentro de tudo que rolou no Google nas últimas semanas Fala pessoal! Chegamos ao Episódio 35, que também está disponível lá no canal ...

A força do Digital PR nas campanhas de Link Building

Como montar uma campanha de Digital PR e elevar o valor das suas estratégias de Link Building Muito tem se falado da perda de efetividade ...

Como montar uma campanha de Digital PR e elevar o valor das suas estratégias de Link Building Muito tem se falado da perda de efetividade ...

Hedgehog SEO News Episódio 34: Além da busca

Web Stories, apoio aos jornalistas e muito mais na news de hoje! Tributo a Hamlet Batista, CEO da Ranksense, vítima de Covid-19 em 27/01/2021  Nosso ...

Web Stories, apoio aos jornalistas e muito mais na news de hoje! Tributo a Hamlet Batista, CEO da Ranksense, vítima de Covid-19 em 27/01/2021  Nosso ...